Métricas para economizar no ar-condicionado

Hoje em dia, com todos os problemas que temos com a poluição, é necessário ter uma consciência maior ao realizar nosso consumo de energia.

A maioria dos fabricantes de ar condicionado está ciente desse problema e os aparelhos de ar condicionado estão se tornando mais eficientes e consomem menos. No entanto, como usuários ainda podemos otimizar muito mais o uso, graças a essas métricas para economizar no ar-condicionado.

Leve o tamanho em consideração

Para começar, é necessário levar em consideração o tamanho da sala a ser resfriada ou aquecida e, portanto, não use equipamentos com potência maior que a necessária. Isso seria um gasto energético desnecessário, um desperdício de energia e também um gasto desnecessário para o nosso bolso.

Para saber quanta energia precisamos para aquecer nossa sala, precisamos levar em consideração diferentes fatores além da dimensão, como orientação, isolamento térmico ou zona climática.

Você também pode fazer uso de aquecedores a gás para economizar na sua conta de energia.

Como você pode imaginar, não é tão fácil aquecer um cômodo da casa onde o dia inteiro está dando sombra a um que possa se beneficiar dos raios do sol. Do mesmo modo, uma casa que está em uma área mais quente, na Espanha, temos vários exemplos claros com a diferença entre o norte e o sul, que precisará de mais ou menos energia.

Em essência, calcular a potência necessária é uma multiplicação simples na qual a multiplicação dos fatores acima intervém, por 85.

Uma casa voltada para leste ou oeste, multiplica por 1, enquanto uma ao norte por 1,12 e uma ao sul por 0,92. Da mesma forma, dependendo da área geográfica com a qual nos encontramos, teremos um fator diferente ao multiplicar, com um coeficiente mais baixo, as áreas mais ao sul do país.

Calcular a energia necessária nos permitirá fazer uma pausa do planeta e também nos poupar de gastar mais com algo que não precisamos.

Deixe um comentário